MÁRIO MAGALHÃES
PERFIL

Mário Magalhães nasceu no Rio de Janeiro, em 1964. Formou-se em 1986, em jornalismo, na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ). Seu ingresso na profissão foi na Tribuna da Imprensa, jornal em que trabalhou como repórter. Depois passou pelo O Globo e O Estado de S. Paulo.

Em 1991, ingressou na Folha de S. Paulo como editor-assistente do caderno Folhateen. Foi editor-assistente e repórter do setor de Esporte, repórter da sucursal do Rio e repórter especial. Em 2003, Magalhães, deixou o jornal Folha para escrever a biografia do guerrilheiro Carlos Marighella no período da ditadura. Três anos depois, Mário Magalhães voltou para a Folha de S. Paulo como repórter especial, baseado no Rio.

Entre o grande número de premiações e menções honrosas recebidas por suas matérias, ganhou duas vezes o Prêmio Folha de Reportagem, duas vezes o Prêmio da Sociedade Interamericana de Imprensa, o Prêmio Esso de Jornalismo, o Prêmio Lorenzo Natali (da União Européia), o Prêmio Vladimir Herzog, a Medalha Chico Mendes de Direitos Humanos e o Prêmio Direitos Humanos-RS.

É co-autor, com o fotógrafo Antônio Gaudério, do livro de reportagens Viagem ao País do Futebol (DBA-1998) e autor do livro-reportagem O Narcotráfico (Publifolha-2000). Em abril de 2007, Mário Magalhães assumiu o cargo de ombudsman da Folha de S. Paulo.